BARÃO DE DITFURTH

Barão de Ditfurth (Franz Dietrich Von Ditfurth VII: 01 de maio de 1738, em Dankersen, Minden, Alemanha - 30 de março de 1813, Wetzlar, Alemanha), advogado, escritor, filósofo e maçom progressista. Filho de Friedrich Ludwig von Ditfurth III e Lucie Katharina Auguste von Ditfurth. Contraiu primeiras núpcias com Dorothea Konradine von Ditfurth e segundas núpcias com Johanna Marie von Ditfurth, tendo com elas filhos. Logrou-se em ciências sociais e jurídicas e filosofia. Após o bacharelado, instalou um escritório de advocacia em Wolfenbüttel,

Foi nomeado em 1773, na função de assessor na câmara de comércio do Reich em Wetzlar. Trilhou uma brilhante carreira jurídica e administrativa em Wolfenbüttel. 

Ditfurth foi iniciado na maçonaria , possivelmente, no Rito da Estrita Observância (rito introduzido em 1761 na Alemanha, por Barão Karl Gotthelf von Hund. Este rito era baseado na suposição de que os antigos Cavaleiros Templários não foram destruídos, mas continuaram a existir secretamente na Escócia, e, adjuntos às guildas de maçons, fundaram a franco-maçonaria). Em 1776 ele Eleito Grã-Mestre Provincial da mesma potência em Wetzlar. Com o falecimento do Barão de Hund, Ditfurth, ele se desliga da Estrita Observância e passa a dedicar-se à compilação de um novo rito para os maçons alemães, denominado simplesmente, de Rito Eclético ou Maçonaria Eclética (criação 1776-1779 - reforma: 1783). Deligou-se da Estrita Observância no mesmo ano, filiando-se na Grande Loja dos Três Globos, sendo aclamado em 1777 como Venerável Mestre na Loja "Joseph zu den drey Helmen", Wetzlar. 

Combatia o mistíssimo e templarismo introduzidos nos rituais maçônicos da época e defendia intensamente a pureza da maçonaria especulativa. Por fim, em 1782 participou do convento de Wilhelmsbad na tentativa de restaurar a seriedade dos maçons alemães. Não obtendo êxito, instalou em 1783, a Grande Loja da Liga Eclética em Frankfurth, Alemanha, com a participação de Johann Karl Brönner e Borrão de Kingge.

Eleito em 1873, Grão Mestre da Grande Loja Provincial de Wetzlar (Liga Eclética), renunciando ao cargo ate 1791.

 

O Barão de Ditfurth é considerado o pai da maçonaria alemã, e também, das Grandes Lojas da Liga Eclética de Frankfurt e Wetzlar. O legado de Ditfurth espalhou-se por todo mundo, influenciando filósofos e autores variados, dentre eles, Friedrich Ulrich Ludwig Schröder.

60d7d5ad958857097ff7e560-large_edited.jpg